https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Esconjuro∆

 
Tags:  Blá blá blá  
 
Eu pensava que a fidelidade de um sentimento prometido perdurava para além do existir presente ou ausente estaria permanente pela escolha do querer. Infelizmente estou aprendendo que é diferente não é bem assim o mundo é um baile mórbido de máscaras e fantasia




Rodas _



"Assim o é se lhe parece" W.Shakespeare


 
Autor
rodas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
226
Favoritos
5
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
57 pontos
5
6
5
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 18/01/2017 21:15  Atualizado: 18/01/2017 21:15
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 1403
 Re: Esconjuro
Interessante reflexão
Gostei muito; meus parabéns!

Enviado por Tópico
Angeline
Publicado: 18/01/2017 23:06  Atualizado: 18/01/2017 23:06
Colaborador
Usuário desde: 07/01/2017
Localidade:
Mensagens: 1252
 Re: Esconjuro
Boa noite rodas
Bem vindo ao grupo dos
"caí na real" !
Beijinho meu.
Angeline

Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 25/01/2017 13:15  Atualizado: 25/01/2017 13:15
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - BRASIL
Mensagens: 5129
 Re: Esconjuro
Olá, rodas.
teu nick é um sutil entendimento deste poema. tudo gira, tudo roda e neste aspecto tudo se desgasta e acaba por terminar... ou se transformar.

aprecio muito tua linha poética.

Bjo

Enviado por Tópico
johnmaker
Publicado: 03/06/2017 14:10  Atualizado: 03/06/2017 14:10
Colaborador
Usuário desde: 02/05/2016
Localidade:
Mensagens: 1111
 Re: Esconjuro
...existe essa grande diversidade de sentimento na vida, estamos cada um vivendo um momento em particular, alguns aprendendo outros observando, e outros ensinando, depende do olhar e da compreensão que cada um faz, algumas coisas são feias outras belíssimas. Parabéns pelo texto. Agradeço o voo do Miten e Deva Premal, .

Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 11/06/2017 10:39  Atualizado: 11/06/2017 10:39
Colaborador
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 2716
 Re: Esconjuro
O amanhã só é amanhã quando acabar ontem, tudo o resto é efémero.

De Fernando Lopes-Graça:

"3 esconjuros

Contra os maus encontros

vamos embora à alvinha do dia
a deus me encomendo e à virgem maria
e à santa bela cruz
que me guarde de cão danado
e por danar

de homem vivo, inimigo
de homem morto, mau encontro
de àguas correntes, fogos ardentes

nosso senhor nos livre das bocas de má gente

Contra os maridos transviados

deus te guarde sol divino
que corres o mundo inteiro
viste lá o meu marido?
se tu viste não mo negues!
não mo negues! não negues não!

que esses raios que vais deitando
ao seu nascimento
sejam dores e facadas
que atravessem o seu coração

que ele por mim endoideça
não possa comer
nem beber
nem andar
nem com outra mulher falar
nem em casa particular
que todas as mulheres
que ele veja
lhe pareçam cabras velhas
e bichas feias!

só eu lhe pareça bem no meio delas

Contra as trovoadas

santa bárbara de alevantou
se vestiu e se calçou
suas santas mãos lavou
e o caminho do céu andou

lá no meio do caminho
a jesus cristo encontrou
-para onde vais? bárbara vais?
eu não vou nem quero ir,
mas ao céu quero subir
- vou arramar aquela trovoada
que lá anda, lá anda armada

arrama-a bem arramada
lá prós lados do marão
no alto cerro maninho
onde não há vinho ne pão
nem bafo de menino
nem berrar de cordeirinho

só há uma serpente
com 25 filhas
que lhes dá água de trovão
e leite de maldição"