https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

teu amor fala com as palavras de um idioma que desconheço

 
Tags:  amor    palavras    fala    idioma  
 
teu amor fala com as palavras de um idioma que desconheço
 
teu amor fala com as palavras
de um idioma que desconheço,
permanece preso em minha garganta,
fala ao meu coração que bate,
fala aos meus olhos que observam,
que descobrem mas não alcançam,
canta o silêncio dos apaixonados.

não desejes minha alma nua
sob esta atmosfera serena
neste fim de tarde.

o mundo é tão solitário,
um lugar de batalhas
e olhares frios,
ainda que hajam jardins.

esqueça-me.
sou ácido demais para os seus sorrisos,
cético demais para os seus objetivos,
incoerente ao extremo para os seus ânimos ,
extremamente áspero para os seus lábios.
não olhes para trás.

Poema do livro Diários do Desassossego
A venda em http://sergioprof.wordpress.com
Contato:
blog: http://sergioprof.wordpress.com/
facebook: https://www.facebook.com/jardimpoeta
https://www.facebook.com/poetajardim
twitter: http://twitter.com/SERGI0_ALMEIDA
linkedin: https://www.linkedin.com/in/poeta-jardim-a7b0222b
google +: https://plus.google.com/+sergioalmeidaJardim
skoob: http://www.skoob.com.br/autor/7181-jardim


Open in new window

 
Autor
Jardim<>
Autor
 
Texto
Data
Leituras
409
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
2
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
rodas
Publicado: 25/01/2017 12:25  Atualizado: 25/01/2017 12:25
Da casa!
Usuário desde: 16/01/2017
Localidade:
Mensagens: 367
 Re: teu amor fala com as palavras de um idioma que descon...
Às vezes não é preciso compreender sentir e retribuir na medida exata é o quanto basta

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 25/01/2017 13:27  Atualizado: 25/01/2017 13:27
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: teu amor fala com as palavras de um idioma que descon...
Poema instigante.

Mas sinto aqui o "Eu" poético com uma visão franca e dura a respeito de si mesmo, do mundo que o cerca, e de um amor que deseja, mas recusa, através das melhores palavras. Eis aí, um belíssimo poema, com várias nuanças do sentimento.

Abraços, Jardim!!