https://www.poetris.com/
 
Contos -> Romance : 

A DAMA E SEUS PENSAMENTOS

 
Open in new window

A DAMA E SEUS PENSAMENTOS
A linda moça de vestido vermelho estava se preparando para mais uma noite de trabalho, quando foi tomada subitamente por pensamentos .
Como se estivesse na frente de um espelho, a jovem se viu nos braços de um belo rapaz que, apertando-a contra seu peito, sussurrava palavras de amor. Ela, vestida de branco, parecia um anjo . Ele, em seu terno , parecia um príncipe . Formavam um lindo casal apaixonado.Desses que parece que nem a morte é capaz de separar.Era um verdadeiro sonho. Tudo era perfeito para ela.
De repente, nos olhos da garota de vermelho, surgiu uma lágrima. Um novo quadro havia sido pintado em sua mente.
Agora a moça se reportava para uma casa de pequenos cômodos, sem muita mobília e sem conforto. O colorido de antes fora substituído por uma certa tristeza ,que a fez tremer. A linda moça, que sempre fora risonha ,se vira muito triste. Em seu rosto havia uma marca de sofrimento . No seu olho esquerdo , ao invés de maquiagem, havia um enorme hematoma.
Onde estaria seu príncipe , então? Com quem estaria e fazia o quê?
Todas as noites , depois de um ano de convivência , eram essas as perguntas de sempre. Todas as madrugadas eram tempestades para o casal. Ele mudara , transformara-se em sapo.Parecia que aquele inferno nunca iria acabar. Pensou a jovem de vermelho. Até que acabou. Suspirou devagarinho e se viu como um pássaro, livre da gaiola e daquelas cenas do passado.
A moça pôs uma flor vermelha no cabelo, retocou seu batom vermelho, colocou seus brincos de strass e sorriu para o espelho. Podia até ter o mesmo corpo de antes, todavia sua alma tinha mudado muito. Aprendera a ser forte e a caminhar sozinha. Mas sentia falta do amor que sonhara para si.
Pensou que esta noite talvez fosse diferente para ela. Quem sabe se não encontraria seu verdadeiro amor? Alguém que fosse tão humana quanto ela, que não quisesse apenas um corpo, que também precisasse de amor? Pôs algumas gotas de perfume e sorriu misteriosamente, como sempre fazia, após se aprontar para seu show.
Uma música tocou no salão e suavemente a jovem de vermelho entrou nele como se flutuasse em neve. Foram muitos os olhares que se dirigiram àquela bela mulher.
Porém ela não viu o homem do lado de fora do bar, olhando-a como quem perde uma pedra preciosa. Ela não o viu chorar.
Ela, por sua vez, estava muito entretida com sua dança. O passado que ficasse no lugar a que lhe pertencia: no passado.
E mais uma noite se passou para a bela dama de vermelho,sem que ela encontrasse seu verdadeiro príncipe encantado.
"Quem sabe amanhã? A vida continua." Pensou a jovem dama de vermelho.


Lucineide







A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.





 
Autor
Lucineide
 
Texto
Data
Leituras
722
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
5
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
rodas
Publicado: 27/01/2017 16:57  Atualizado: 27/01/2017 16:57
Da casa!
Usuário desde: 16/01/2017
Localidade:
Mensagens: 367
 Re: A DAMA E SEUS PENSAMENTOS
Continua sim e manter a esperança em paz é uma postura inteligente


Enviado por Tópico
rodas
Publicado: 27/01/2017 16:57  Atualizado: 27/01/2017 16:57
Da casa!
Usuário desde: 16/01/2017
Localidade:
Mensagens: 367
 Re: A DAMA E SEUS PENSAMENTOS
Continua sim e manter a esperança em paz é uma postura inteligente

Enviado por Tópico
Angeline
Publicado: 27/01/2017 19:45  Atualizado: 27/01/2017 19:45
Colaborador
Usuário desde: 07/01/2017
Localidade:
Mensagens: 1295
 Re: A DAMA E SEUS PENSAMENTOS
Quem sabe amanhã Lucineide?
Tão bom sonhar assim!
Aos poucos as cenas , como em um filme,
vão passando, renovando-se , até que o que
está escrito , acontece.
Lucineide, vou também esperar que a moça de vestido vermelho, apareça
Adorei,
Beijinhos meus
Angeline