Poemas -> Amor : 

Desejos

 

Desejos

Que o amor não seja só um dia,
Que a paixão não seja sufocada
Pela tristeza e pela agonia.

Que o respeito nunca vá embora,
Deixando a violência aparecer
Sem dó no rosto da linda aurora.

Que os abraços dados com doçura
Não sejam substituidos por laços
De ódio, da morte e da loucura.

Que os lábios doces e sedutores ,
Carregados de intensa paixão,
Com o tempo, não sejam traidores.

E que nenhuma jura de amor
Fique tão esquecida num canto ,
A ponto de só viver horror.

Lu


A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.





 
Autor
Lucineide
 
Texto
Data
Leituras
983
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
6
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/06/2020 10:17  Atualizado: 13/06/2020 10:17
 Re: Desejos
Que tudo isso e algo mais se traduz de maneira em condutas e valores onde o amor é a vivencia da vida


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/06/2020 20:27  Atualizado: 13/06/2020 20:27
 Re: Desejos
"E que nenhuma jura de amor
Fique tão esquecida num canto ,
A ponto de só viver horror."

Tão verdadeiro Lucineide. Quantas juras de amor acabam em violência e morte.
Excelente poema sobre um tema actual.

Beijo


Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 13/06/2020 21:41  Atualizado: 13/06/2020 21:41
Membro de honra
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 2285
 Re: Desejos
Gostei muito do poema! Parabéns por tema que precisa mudar.
Abraço.