https://www.poetris.com/
Poemas : 

À MÃE DAS MÃES

 
Open in new window

À Mãe das Mães

Bendita sois vós, mãe
Entre as mulheres em igual
Por gerar dentro do seio
Jesus filho universal
Mistério pros imortais.

Mãe jovem e submissa
Aceitou destino incerto
Viveu humilde, resignada.
Pelo esposo, abandonada
Por um sonho, perdoada.

Minha protetora e guia
Vulto de mulher exemplar
Elevo as preces aos céus
Ensina-me a ser feliz
Cobre-me com vosso véu.

Quando as forças decaírem
A resistência fraquejar
A certeza fenecer
O caminho encurtar
A mente se desviar

O pecado me sondar
Segura na minha mão
Envolve-me vosso manto
Guia os passos meus
Ao caminho que é Deus

Aqui na terra estivestes
Mãe de Jesus culto e prece.
***

Dia das Mães 2º domingo de maio

Sonia Nogueira


Livros Publicados:
- Por Justa Causa - contos
- Nas Entrelinhas (200 sonetos)
- A Pequena May
-Datas Comemorativas em Poesias
-Eu Poesia, Contos e Crônicas
-No Reino de Sininho, infantil
- A janela Azul
- Contação de História Infantil
-Silênci...

 
Autor
SoniaNogueira
 
Texto
Data
Leituras
85
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 14/05/2017 20:51  Atualizado: 14/05/2017 20:51
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 8567
 Re: À MÃE DAS MÃES
Boa noite Sonia, teus versos referendam as premissas que regem o ser materno, um ser material com nuances Divinais, e que precisa ser valorizado ao máximo pelos filhos, parabéns pela vossa calorosa homenagem a todas as mães, um abraço, MJ.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 15/05/2017 20:42  Atualizado: 15/05/2017 20:42
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 26357
Online!
 Re: À MÃE DAS MÃES
Simplesmente um poema divino, lindo demais