https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

SEIS

 
Em seis dias mais um
é seis de dezessete.
nesse mês que é seis
vou colocar minha ampulheta
sobre minha mesa de cabeceira
e contar as horas
os minutos e segundos
e milésimos delas e,
quando escoar a areia
do tempo que me separa de você
vou te buscar, desenterra-la.
arranca-la ei dos escombros
onde lancei nossas memórias.
vou levar nessa hora
meu revolver cujas seis balas
me servirão para acabar
com o sonho, caso não te ache.

 
Autor
Graffiti
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2219
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Recentes
DEZ
Aleatórios
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 25/05/2017 20:58  Atualizado: 25/05/2017 20:58
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29490
 Re: SEIS
Belas palavras formando esse belo poema