https://www.poetris.com/
Poemas : 

canção da Sara Jasmim

 
papás queridos
guardem-me no sangue
que a dor já é fina
eu tenho medo das quedas
dos ais e dos gemidos.
eu sou a vida menina,
a inocente oração
de todos os sentidos.
trago comigo a esperança
que se entrega
engrandecendo a aurora.
criança de pés descalços
livre e solta na ilusão
sem indícios do caminho
na boca uma canção
e um sonho de passarinho
atiro beijos às flores
aos campos fartos de amores
deixo sorrisos no vento
e uns versos simples no ar
vou crescendo por aí
compondo o bom e o belo
e quando a noite aparece
ponho a lua no cabelo.
cantem-me as mãos pequeninas
minha pele de porcelana
eu falo, para quem me entende
uva, cereja, banana
sou um rio de boninas
que corre em mim de contente
e quando durmo quem manda
sou só eu e a minha mente.
mando na Heidi no Panda
salto com eles no chão
sou princesa com castelo
a minha coroa é a Ronda
e o Chico o meu dragão
tenho uma avó bem catita
seus óculos são mais que meus
quando ela me sai na rifa
eu só quero os beijos seus
mas se a outra avó se chega
eu salto para o seu colo
ela diz-me, toma pega
e eu um obrigada, rolo
já o meu avô é tolo
treme todo quando eu grito
quando eu só quero um bolo
e ele desmaia aflito
o outro avô só tem dentes
sempre a rir tão coradinho
saio a ele nos presentes
e à família no restinho.
eu sou a sara jasmim
uso fralda e sou assim.


RoqueSilveira

 
Autor
RoqueSilveira
 
Texto
Data
Leituras
145
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
8
2
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 12/08/2017 01:07  Atualizado: 12/08/2017 01:07
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 12689
 Re: canção da Sara Jasmim
Ficou muito terno, doce e pueril a canção da Sara. Que ela continue pondo luas no cabelo e sorrindo para o Rio de boninas. Apreciei cada verso com um brilho no olhar. Cativante! Abraços e tudo de bom para si!


Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 12/08/2017 10:35  Atualizado: 12/08/2017 10:35
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1335
 Re: canção da Sara Jasmim
Poema de Mãe. Há uma clara personificação do sujeito poético nesta Sara.
Uma clara inocência, em que à primeira vista não vislumbro ironias ou algo que tenha maldade ou safadeza.
Um poema em esparsa longa, descritiva, mas a fazer-nos lembrar, a nós adultos, que é na inocência que se encontram as ilusões.
Infelizmente a partir daí é sempre a desiludir até que acabem.
Sem falhas.
Gostoso.
Enganou-me e surpreendeu-me na sua beleza simples e, talvez por isso, especial.

Bj


Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 21/08/2017 11:43  Atualizado: 21/08/2017 11:43
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Setúbal, Portugal, Azeitão
Mensagens: 851
 Vila-Verde
Como estás ? tudo bem ?