https://www.poetris.com/
Poemas : 

Insolucionável

 
Maldita escravidão,
Problema sem solução
Arranha e sangra a minha garganta
Porque já engoli mil agulhas

Um espirro sem direção,
Se aproveitou da pressão
E tentou escapar da maldição
Que está selada nesse corpo

Com a visão a escurecer
E o mundo a tremer
Balbuciava, espumava, a sua lingua dobrava
E seu corpo tremia sem o controle da mente,
Que desesperada socorro pedia
Mas, foi roubado a ponto de ficar pelado

Não mais bastava a roxidão
Daquele belo socão
Que a vida lhe deu
Faltava mais, e é sempre pra mais
Este é o invocador da destruição
Mesmo errado, não aceita perdão

 
Autor
neon
Autor
 
Texto
Data
Leituras
145
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.