https://www.poetris.com/
Poemas : 

A nossa relação.

 
E a fadiga que eu sinto no meu corpo,
Nada mais é que um obstáculo temporário,
À felicidade que eu tanto desejava
Mas que eu sei que está debruçada nos braços de outro ao contrário..

Mas eu não duvido que estejas melhor
Pelo menos é isso que aparento ver
Mas perdoa - me por ser tão mau perdedor
Por não ter sabido ontem, hoje ou amanhã te perder...

Mas vá lá tem um pouco de piedade
Não necessitas de esfregar - me isso na cara
Como gritando " Olha como és miserável sem mim",
Porque contigo está tudo bem.. Porque contigo o tempo parece que não pára..

Mas eu penso todos os dias, qual foi o último prego no nosso caixão
Pois enquanto eu celebrava o "nosso" amor
Eu via - te todos os dias lentamente fazer os preparativos, para o funeral da nossa relação...

Agora os ramos que eram para nós, são só para ti, mesmo não sendo eu quem as oferece..
Eu de joelhos vou chorando, lembrando - me do que perdi
Pensando para mim próprio que a dor que eu sinto ninguem a merece...

Agora sou eu que sofro o meu " luto "
No grito de agonia de um miúdo
Ou no contentamento do que agora não passa de um vulto,
De um velho coração calejado, frio, viúvo e bruto..

Nuno Gonçalves

 
Autor
josenuno
Autor
 
Texto
Data
Leituras
85
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 17/10/2017 10:36  Atualizado: 23/10/2017 11:23
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 28180
 Re: A nossa relação.
Palavras que gritam os instantes que os sentimentos choram a plenitude de um amor vazio