https://www.poetris.com/
Poemas -> Dedicatória : 

Talvez Eu a Amo

 
Tags:  solidão    tristeza    reflexão    rimas    Juvenis  
 
Talvez Eu a Amo
 
Não sei o que sinto por ela
Não sei se digo que meu coração está desgovernado
Tenho medo de dizer que estou apaixonado
Pois creio que acabarei por segurar uma vela
Acho melhor manter em sigilo,
E jamais revelar o transitar de minhas ideias.

Quando abraçamos, eu não quero solta-la
Não sei por parte dela, mas gosto de abraça-la
Se pelo menos me sobrasse coragem para ir em sua casa
Mas meu coração é covarde, não quer perturbá-la
Eu não sei mesmo se ela "vai com a minha cara"
A conheço a dois anos, mas ainda assim,
Minha cabeça está encucada
Quero conhecê-la melhor, mas como?
Sei que ela se sente só, então nós dois estamos
Mas será essa a semelhança que nos chamam?

Todos os dias penso em ir vê-la
Mas logo, em segundos, me amedronto
Queria ser capaz de curar a sua tristeza
Mas é impossível se não consigo ir ao teu encontro
Me falta confiança, isso é uma certeza
Gostaria que ela viesse me ver, ah, seria ótimo
Seria apenas eu e ela, longe do mundo caótico
Mas não posso obriga-la a vir, sei que sou eu quem devo ir
Não sei se irei conseguir
Ela mora até perto de mim, mas por que não consigo?
Do que tenho medo? Ela quer me ver?
Já estou começando a me sentir sozinho
Não vejo outro jeito, tenho que me conter
Queria falar com ela hoje ao anoitecer.

Ainda me lembro de como nos conhecemos
Pelo acaso, nossos encontros se tornaram fluentes
Ela não gostou de mim, eu lembro
Ela sempre me ignorava, e estava doendo
Mas acho que era seu modo de defesa
E ainda penso como consegui atravessar sua armadura perfeita.

Hoje em dia não há mais conversas de esquina
Hoje ela está mais na dela, e eu na minha
Eu queria voltar no tempo
Mas é estranho, ela toca mais em minha mente,
Do que a ex que me magoou e se foi com o vento
Não sei por que disso, realmente
Mas sei que não quero deixa-la a mercê da depressão
Tenho medo que ela tente algo, que parta meu coração
Queria que ela soubesse que temo por sua segurança
Mas dizer a ela já perdi a esperança
E não me conformo,
Já que ela está a poucos minutos de distância.

Ainda não encontrei uma solução, mas vou encontrar
Pois eu quero muito ajudá-la a melhorar
Não sei se isso é o significado de amar
Estou apenas almejando seu sorriso
Não me agrada uma jovem linda, com a mente escurecida
Farei o que for para não a deixar mais deprimida
Quero que ela se dê bem com a vida.

Carol, não sei se a amo
Mas não importa, conversamos cada vez menos
Talvez nem nos encontraremos no próximo ano
Encontre um amor, amigos de verdade
Para você é isso que estou desejando.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
155
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.