https://www.poetris.com/
Sonetos : 

SER PAI

 
SER PAI
Ser pai é ser cúmplice, é ser espelho,
Ser paciente, mas firme ao corrigir...
Abrindo a alma para o filho sentir,
Que é honesto e puro cada conselho...

Saídos dos lábios, vindos do coração.
Saber ouvir, seus sucessos partilhar,
Ensinar aceitar quedas e se levantar,
E de cada uma delas tirar sua lição...

E ao vê-los tímidos as asas abrindo,
Ou corajosos para o céu alçando...
Os primeiros vôos da vida. Quando
Deixam-nos para trás e vão subindo...

Ao Bom Deus agradecemos então:
Obrigado! Fui pai, não vivi em vão!

Pedro Paulo da Gama Bentes
2011-08-14






 
Autor
PedroPauloGamaBentes
 
Texto
Data
Leituras
139
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.