https://www.poetris.com/
 
Mensagens -> Desilusão : 

meu caminhar

 
Tags:  vento    pedras    face  
 
Open in new window
O vento fustiga minha face, impiedoso,
furioso.
Caminho solitária, embriagada, com mil pensamentos.
Passos incertos, bambos,longo é o destino, não ha lua para me acompanhar.
Sinto o frio, tropeço em pedras ,mas sigo,não posso parar.
Triste é o meu caminhar!

Nereida

 
Autor
nereida
Autor
 
Texto
Data
Leituras
252
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
8
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 20/02/2018 22:47  Atualizado: 20/02/2018 22:47
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: meu caminhar
A tristeza deve ser a nossa sina quando apenas as saudades alentam nossa alma!

Parabéns!!

Beijos


Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 21/02/2018 14:16  Atualizado: 21/02/2018 14:25
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1772
 Re: meu caminhar
Open in new window

Um triste caminhar.. mas sem parar pois ainda deve haver alguma esperança no final do caminho. Gostei muito do teu poema Nereida. Beijinhos.


Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 22/02/2018 00:53  Atualizado: 22/02/2018 00:53
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6595
 Re: meu caminhar
Belíssimo, vislumbrei!

Bjs,
MaryJun


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/02/2018 18:50  Atualizado: 22/02/2018 18:50
 Re: meu caminhar
...nascemos sozinhos, vivemos sozinhos e morremos sozinhos. Solitude é nossa própria natureza, mas não estamos conscientes disso. E por não estarmos conscientes disso, em lugar de ver nossa solitude como uma tremenda beleza e êxtase, silêncio e paz; um estar à vontade com a existência... Nós a confundimos com solidão.
A solitude é uma presença, uma presença transbordante. Você está tão pleno de presença que você pode preencher todo o universo com ela, e não há necessidade de alguém mais. O que é necessário não é algo para que você possa esquecer sua solidão. O que é necessário é que você se torne consciente de sua solitude .