https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Coisas de gente pequena

 
A fisga no bolso de trás
Das calças de ganga surrada,
Denunciava o pequeno rapaz...
Sempre pronto para a pedrada
Com os putos dos bairros vizinhos.
Ia-se fazendo tropa grande
Em guerras de pistolas de estalinhos.
Escondia-se num buraco da obra
Igual às trincheiras de outros homenzinhos
E aguardava que a sorte lhe desse sobra...
Se conseguisse derrubar o grandalhão
Os outros rendiam-se de uma penada!
Mas hoje não ia haver confusão...
Andava arredia, a outra gaiatada,
A tocaia que preparara, foi em vão.
Mas a guerra só estava estacionada
E amanhã voltará tal como no mundo anão.

Valdevinoxis


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
2095
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 22/01/2007 16:57  Atualizado: 22/01/2007 16:57
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Coisas de gente pequena
Poema de gente grande! De grande poeta!
Gostei muito do teu poema! Muito mesmo!

Beijinhos

Enviado por Tópico
Ruben
Publicado: 21/02/2007 16:03  Atualizado: 21/02/2007 16:03
Super Participativo
Usuário desde: 12/02/2007
Localidade: Barreiro
Mensagens: 176
 Re: Coisas de gente pequena
Coisa de poeta grande!
Gostei muito!
Abraço