https://www.poetris.com/
Sonetos : 

PINTA E BORDA

 
Tags:  saudade    nostalgia    presenÇa    menestrel  
 

Pinta e borda

Dentro do nosso coração
A saudade, pinta e borda
Ela da à luz, a recordação
Que todo dia nos aborda

Sempre alimenta a nostalgia
Que há nos versos, do menestrel
Cumpre bem o seu papel
De se tornar a melancolia

A nuance que não se esquece
Sentimento que nos entristece
Por nos faltar a presença

Do ser amado, ente querido
Que por nós não será esquecido
Porque amar, é a nossa crença

Valdomiro Da Costa 24/11/2017



 
Autor
ValdomiroPoeta
 
Texto
Data
Leituras
193
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.