https://www.poetris.com/
Poemas : 

A Irregularidade do Ato

 
Tags:  poemas    a.j. cardiais    a irregularidade do ato  
 
Quando você decide,
atuamos bem
entre as quatro paredes.
A bola vai à rede
com regularidade.

Invadimos campos e cidades,
e matamos nossa sede de amar.
Aí é só felicidade...

Porém você é irregular.
Você não continua
com nossa brincadeira de amar.
Você me joga na rua.

Parece que você só atua
tentando prejudicar
minha vida e a sua.

A.J. Cardiais
09.07.2017


Um poeta, um sonhador, um buscador, um hippie, um Anarquista... Sei lá! Um vagabundo, tentando melhorar o mundo.Open in new window

 
Autor
AJ_Cardiais
 
Texto
Data
Leituras
154
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 16/09/2018 19:48  Atualizado: 16/09/2018 19:48
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15994
 Re: A Irregularidade do Ato
Poeta
Quando houver essas irregularidades, o jeito é aplicar o cartão vermelho!
Curto e direto! Gostei!
Beijos!
Janna