https://www.poetris.com/
Poemas : 

AR-170917

 
Terreno infértil;
vinhedo improdutivo.
Amor possessivo, ciumento,
autoritário, amargo,
inconsequente e ácido;
Não frutifica, é solitário...
É mosto servido em copo
de vidro tosco, opaco,
pretensiosamente indestrutível;
simulacro.
Indubitavelmente, um dia,
na mão de quem obrigares beber,
se estilhaçará em cacos
irreconhecíveis, qual fina taça
de cristal lapidado.
Por fim, sobre a mesa;
vinho derramado.
'razão'

 
Autor
ZESILVEIRADOBRASIL
 
Texto
Data
Leituras
59
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
DianaBalis
Publicado: 02/12/2018 08:05  Atualizado: 02/12/2018 08:05
Colaborador
Usuário desde: 23/07/2006
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 656
 Re: AR-170917
Bom dia poeta amigo, verdade, a posse destroça o coração.