https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 5 »
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
AR-201013
. . . Só as velas vão te levar, ao mar manso e abissal. Doce loucura o navegar, se tempestade; é ...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 19/10/2020 03:08:44
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
AR-201014
. . . Lá estava, envolta num brilho, inerte qual porcelana biscuit refletindo sobre as águas blue...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 17/10/2020 02:45:09
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
LONGEVO PENSAR
. . . Se repensarmos reeditar 'o novo', virá d'um indiviso centenário, consuetudin...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 30/09/2020 22:22:20
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
PASPATUR
. . . Aquarela jamais desbotou-se, tampouco a doçura no âmago se dispersou. Inda habita; cor disc...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 25/09/2020 13:04:25
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
DA PALAVRA CAÍDA NO CHÃO
. . . Quando me são quaisquer versos com ou sem metalinguagem, métrica ou as tais metáforas; quer...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 16/09/2020 15:09:42
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
ORGULHO (Letra/Vídeo)
Título - ORGULHO (Amor Perdido) MPB - Samba canção Autor - Letra/Melodia/Voz/Violão: ZéSilveira ...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 29/08/2020 16:50:33
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
CORAÇÃO INSANO (Letra/Vídeo)
Título - CORAÇÃO INSANO MPB - Samba bossa Autor - Letra/Melodia/Voz/Violão: ZéSilveira https://w...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 24/08/2020 03:05:07
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
CONVERSA DE MAR
. . . Tendo-se um mínimo de mar nos olhos, é possível de se entender facilmente os assombros que ...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 21/08/2020 05:16:57
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
AR-200210
. . . Extravazante seria o poema      se vivido pelo menos num          tempo que não o de agora;...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 17/08/2020 18:06:55
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
FLECHA CERTEIRA ((letra/Vídeo)
Título - FLECHA CERTEIRA MPB - Samba Autor - Letra/Melodia/Voz/Violão; ZéSilveira https://youtu....
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 13/08/2020 02:29:36
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
ALTAS HORAS
. . . Instintivamente ou não, tua mão ainda pousa no meu peito enquanto durmo; Quieto... Finjo; p...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 12/08/2020 03:28:00
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
CALMARIA
. . . Neste átimo não agitarei minhas águas Não há mais neblina encobrindo esse enlace Quero as n...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 08/08/2020 04:15:22
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
POR ISSO (Letra/Vídeo)
Título - POR ISSO (Que eu vou pra boemia) MPB - Samba Autor - Letra/Melodia/Voz/Violão: ZéSilvei...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 06/08/2020 04:30:14
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
OUSADIA
. . . Não sou jardineiro, mas cultivo mil flores em sambas canções... Desbravador não sou, mas on...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 05/08/2020 04:10:15
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
AMPULHETA
. . . Advindo do infinito o eco das palavras... Do seu tempo, o Homem artífice no seu próprio tem...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 02/08/2020 04:28:24
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
`EXTREMIS`
. . . Espreitava; mas o verso não mais ecoou... Solitário poeta; preferiu morrer... ‘um tiro n...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 31/07/2020 03:56:48
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
DISPLICENTE
. . . Tenho-te imagem em silhueta cristalizada, posando para mim em perspectiva sombreada. O lado...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 29/07/2020 04:08:53
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
ESTILHAÇOS
. . . Para o poeta, basta-lhe o poema para compreender o adeus. Para o poema; suficiente é a lág...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 28/07/2020 04:31:21
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
POETICAMENTE PREVISTO
. . . Tornar-me-ei invisível!... Apenas dentro d'alguns corações sensíveis, raros, inflados ...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 24/07/2020 05:09:17
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
INSTALAÇÃO
. . . Um inquieto pêndulo range dentro do peito meio as engrenagens ante o súbito sofrer de um ve...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 23/07/2020 04:22:21
(1) 2 3 4 5 »