https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 8 »
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
AR-171012
... não adianta! o tempo não faz aliança. num átimo; (onomatopéia) já não se é mais criança. ...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 12/10/2021 16:29:01
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
APENAS MAIS UMA PRIMAVERA
. . . Ah prevaleço-me de que se foi distante a minha aurora e vejo quão privilegiado sou ainda es...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 16/09/2021 13:32:03
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
QUIMERA
. . . Ah como tão excitante é depois do amor demorado dormitar acariciando teus lábios, ouvindo d...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 10/09/2021 00:40:34
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
BOLERO SOLITÁRIO (Vídeo/Áudio)
Título: BOLERO SOLITÁRIO MPB - Bolero Letra: ZéSilveira Melodia/Voz/Violão: Frederico Salvo Ness...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 03/09/2021 01:27:05
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
DO MOTE, AO BOTE
. . . não creio em poema ordinário, se os versos, sorrateiramente, arrastam-se com seus venenos q...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 01/09/2021 02:32:19
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
LONGEVO
. . . Se repensarmos reeditar 'o novo', virá dum indiviso centenário... Consuetudinário...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 27/08/2021 23:33:36
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
...PORÃO
sonho bom, há muito promessa feita... sentir a estrada serpenteando a mata; ouvir o som da nature...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 22/08/2021 03:07:48
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
COLHEITA
. . . queria ele morrer num sorriso teu... digo; não porque isso pareça poesia, ou por que talvez...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 18/08/2021 00:14:18
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
FENDA
. . . pena, não escondes o prazer do desprezo e de vilipendiar aqueles não familiarizados. o amor...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 15/08/2021 15:35:32
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
ESCRIBAS vs POETAS
. . . Tem o ego inflamado Alguns escribas, Os donos da verdade, Pseudo sábios das entrelinhas. F...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 14/08/2021 02:49:35
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
XILOGRAVURA
. . . pelas mãos, profundos sulcos, riscos fortes de oriundo tempo. rugas, marcas cravadas na fac...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 13/08/2021 03:13:37
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
ARMADILHA HERMAFRODITA
. . . caminhava pela poesia e pensava; que pena que algumas se subjugam, convertem-se lânguidas à...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 11/08/2021 21:38:00
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
ÉTICA DOS CANALHAS
. . . Se se deixares dominar por essa insana e atormentada verve, apenas para o brilho do pedesta...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 11/08/2021 04:21:14
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
PEDRA DO SAL
. . . No princípio o verso era lamento, Melodias de um cantar abafado, Ouvia-se a batucada noite ...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 08/08/2021 15:55:10
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
GENUFLEXÃO
. . . Sinto sua falta pai, mas nem tanto vocifero mais essa eterna ausência; pois sabido, era des...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 06/08/2021 12:29:49
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
ORALGÉSICO: PALIATIVO (VIDE BULA)
. . . Atrás de mim, ouço vozes lamentosas, rústicas, amarguradas... Tediosas demais até no meio ...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 05/08/2021 17:33:39
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
PATO DOURADO, BAR E RESTAURANT
. . . Acabara de sair da agência de automóveis com o último tipo Sport da série de importados de ...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 03/08/2021 21:22:45
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
MULHER, SIMPLESMENTE MULHER
. . . havia o perfume de mil flores no luar, fui ao jardim; pé ante pé. vi entre as folhagens e o...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 02/08/2021 14:15:10
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
PEREGRINO
. . . os passos são testemunhos, marcaram todos os caminhos que ele percorreu... ah os pés cansad...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 30/07/2021 16:13:16
Offline
ZESILVEIRADOBRASIL
NÃO DOU A CARA A TAPA
. . . Com as duas faces afaga; encena, empurra, embala... Sobre a boca; palma, fecha, tapa e cala...
Enviado por ZESILVEIRADOBRASIL
em 28/07/2021 03:55:14
(1) 2 3 4 ... 8 »