https://www.poetris.com/
Poemas -> Tristeza : 

TEMPERATURA ACIONADA

 
Tags:  poema  
 
TEMPERATURA ACIONADA
(Jairo Nunes Bezerra)

Nesta noite sem fim quente e enegrecida,
O vento circula no meu quarto...
Lá fora a lua solitária navega esquecida,
Enquanto o meu olhar omite o belo quadro!

Logo mais será a sua despedida,
E o benfazejo sol se pronunciará...
Da paisagem a escuridão será a partida,
E a temperatura no espaço oscilará!

São fenômenos sempre presentes,
Seguindo sempre em frente,
Circulando pela amplidão visualizada!

Faço parte das ativantes oscilações,
Embora vitimado por depressões,
Que alteram a minha vivência exaltada!

 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
70
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.