https://www.poetris.com/
Poemas -> Humor : 

Ceia de Natal

 
Tags:  natal    CEIA    peru    estância    leitoa.    ambulância  
 
Ceia de Natal

Eu já comprei uma leitoa
Para a ceia do meu Natal
Parece-me uma coisa boa
Mas poderá me fazer mal

Churrasco pra ser completo
Deve ser em uma estância
Com pouca gente por perto
E na porta uma ambulância

Vou fazer um peru assado
Não convidei o meu vizinho
Alguém já tem me alertado
Que come um peru sozinho

Quero ter vinho a vontade
Vou comprar um garrafão
Mas se depender da idade
Vou dar co'a cara no chão

Eu ganhei um carneirinho
Para na ceia eu preparar
Mas por ser muito fofinho
Tenho muita dó de matar

Se esta ceia não der certo
Isso eu não quero discutir
Tendo uma rede por perto
A tarde toda eu vou dormir.

jmd/Maringá, 08.12.18


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
147
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 24/12/2018 12:26  Atualizado: 24/12/2018 12:26
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9304
 Re: Ceia de Natal
Bom dia João Marino Delize, as comemorações natalinas são empolgantes, mas o que nos importa mesmo é refazermos conceitos, e revisarmos procedimentos vida afora, parabéns pela vossa calorosa mensagem de natal, um abraço, MJ.