https://www.poetris.com/
Sonetos : 

A FLOR QUE PAQUERA AO MAR

 

A flor que paquera ao mar desconhece ao grandalhão
Que em todas as manhãs lhe refresca com a brisa
Seus desejos realizam exibindo as suas lindas ondas
Em outros dias tão tímidas que lhe parece um cafona.

Na praia não há poltronas mas sim bancos de areia
Um reduto das sereias criadouro das mães d águas
Ainda nas águas rasas encontramos muitas estrelas
Pelas ondas arrastadas estas podem nos queimarem.

Quem pelo mar se apaixona perde o senso do controle
Pois este em dias bravios nos promove desconsolos
Nos mata sem piedade e nos remete a muitos choros.

Quem não tem lindos contornos nem sabe fazer fetiche
Melhor não flertar com o mar mas conformar-se com isto
Afinal ao longo desta vida o preterimento ainda existe.


Enviado por Miguel Jacó em 17/03/2019
Código do texto: T6600447
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
179
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
2
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 19/03/2019 01:34  Atualizado: 19/03/2019 01:34
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16057
 Re: A FLOR QUE PAQUERA AO MAR
Miguel
O mar tem seus encantos, mas temos que ter cautela e conhecer o meio termo. Desculpe se divaguei!
Belíssimo soneto!
Parabéns!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 20/03/2019 14:58  Atualizado: 20/03/2019 14:58
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6507
 Re: A FLOR QUE PAQUERA AO MAR
Bom dia, Miguel,

Ah, eu amo o mar!
Com cuidado podemos apreciar!
Belíssimo soneto.

Um abraço,
Mary Jun