https://www.poetris.com/
Poemas : 

Nunca Me Lembro

 
.
.

Se por acaso te toco nos chás
e nos dedos
nunca me lembro
de te abrir as janelas. Nunca, meu amor. Nunca nestes eléctricos
cheios de seda que bóiam para serem
outros


Eugénio Trigo

 
Autor
TRIGO
Autor
 
Texto
Data
Leituras
134
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
TRIGO
Publicado: 25/04/2019 15:46  Atualizado: 25/04/2019 15:46
Colaborador
Usuário desde: 26/01/2009
Localidade: Cabeça-Boa - Torre de Moncorvo
Mensagens: 2293
 Re: Nunca Me Lembro
.
Tomem conhecimento os meus leitores


Por Muito Te Amar O Mar Traz-nos Violinos, Às vezes


https://www.wook.pt/autor/eugenio-trigo/2027841