https://www.poetris.com/
Poemas : 

HABILITA

 
HABILITA
Autor: Carlos Henrique Rangel

Eu sou esse ser "encantado",
quase amaldiçoado
que precisa de um beijo
para deixar de ser sapo...
Sou esse príncipe descarado
quase vagabundo
que sonha com outros mundos
preso em sua gaiola de chumbo...
Eu?
Sou Peter Pan tupiniquim
Sonhando com minha “Sininho”
Uma fada... Com belas asas
Para me enfeitiçar...
E como ser encantado,
Acredito em fadas
Pequenas de cabelos curtos
E olhos que olham...
Mas não olham para mim...
(Quem se habilita?)


 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
67
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.