https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Tiro ao alvo

 
Tags:  pais    INSTRUÇÃO    escolas  
 
Tiro ao alvo

Até que enfim a ignorância vai se acabar
Pois milhares de escolas irão construir
E nenhum analfabeto irá se encontrar
Pois o país inteiro acho que vai evoluir

É isso que o povo continuará a esperar
Pois com livros é que se pode discernir
O que é bom e o que poderá melhorar
Para o progresso da Nação se expandir

Mas só depois que a notícia toda eu li
Foi então que nesse ato eu compreendi
Que ninguém e nem o País está a salvo

Pois as Escolas que no país construirão
Não são para melhorar a nossa instrução
E sim para que se aprenda tiro-ao-alvo.

jmd/Maringá, 22.05.19


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
244
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.