https://www.poetris.com/
Sonetos : 

O TEU PERFUME ME ACALMA

 

Os meus anseios são dedicados para ti
Mas eu não sei se te serão ressonantes
Eu te admiro desde os tempos de criança
Sem o teu ser seria insosso o meu existir.

O teu perfume me acalma e me faz dormir
Procuro muito não encontro em meu por vir
As razões honestas que façam viver sem ti
Pois há um abismo que nos separa a cada dia.

Sem muitas ondas o meu viver se faz pacato
Quando meus sonhos nutrem muitas idolatrias
Quem não persevera vai padecer de covardias.

Olhando aos fatos não enxergamos o despudor
Quem fez a flor proveu seu talo com os espinhos
Mas nos exige que procuremos nosso caminho.


Enviado por Miguel Jacó em 24/05/2019
Código do texto: T6655707
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
105
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 28/05/2019 01:14  Atualizado: 28/05/2019 01:14
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15984
 Re: O TEU PERFUME ME ACALMA
Miguel
Imaginei que mulheres são como rosas, encantam, exalam seu perfume, mas também impõem respeito através de seus espinhos! Desculpe minha divagação! Sei que adorei a leitura! Parabéns!Belo soneto!
Beijos!
Janna