https://www.poetris.com/
Poemas : 

Solidão

 

Solidão
Fora é deserto,embora
Escute o cantar do dia,
E a serenata da aurora
Cantar sem harmonia.

A inspiração emudece,
Diante do cartar do galo ,
Que também desaparece
Pouco a pouco, num estalo .

É silêncio na estrada,
Contudo pânico berra,
E a belíssima alvorada
Instantâneamente encerra.

O peito e a inspiração
Estão acorrentados,
Prisioneiros da emoção ,
Tornando os poemas calados .

Lu


A poesia corre em meu sangue
Como a água corre no rio
Sem ela sou metade de mim
Meu nome é fruto de poesia.





 
Autor
Lucineide
 
Texto
Data
Leituras
57
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 11/06/2019 11:35  Atualizado: 13/06/2019 16:43
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade:
Mensagens: 777
 Re: Solidão
Não está mal, mas não vergue a poesia, obrigando-a, verga-se à poesia e ela a recompensará com a sua fluidez e ternura