https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Amor Insensato

 
Open in new window
Amor Insensato

Ás vezes teu amor me esquenta
esquenta tanto que eu emudeço
ainda não é o fim nem o começo
de um amor eterno que me atenta

Atenta mas o amor me inocenta
pois contido nele e eu confesso,
é a força desta paixão violenta
que me desvaira e vira no avesso

E é pelo avesso que eu te beijo,
na nuca, nos lábios...e na cama
eu te jogo e a olho com olhos de gato

e com todo o tesão deste amor insensato,
é a paixão que nos domina e o fogo cresce
neste desejo lindo,,,que nos alucina...

Alexandre Montalvan

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
407
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.