https://www.poetris.com/
Poemas -> Dedicatória : 

Quadrupla personalidade

 
Amo tudo o que sou
E amo tudo o que contenho
E a quem amo, tudo de mim dou
Sei sempre o que quero embora poucas vezes seja o que tenho

Amo até que um dia caia morto
Amor com paixão e com calor
Quando amo "é tipo o porto"
Não, não me és como o PORTO és bem maior

Sou tipo um camafeu que dizia querer morrer longe
Quando "morrer" perto era tudo o que mais queria
Rais-me-partisse se por vezes pareço monge
E vejo hoje o que ontem não via!

Em cada quadra, uma verdade
E nelas nada de anormal
Em cada quadra uma personalidade
E todas elas te amam e querem por igual


MINHA POESIA MALDITA...
VEM DE MINHA ESCURIDÃO
E MINHA POESIA LUMINOSA
DE MINHA FONTE DE INSPIRAÇÃO

Peace & love
FidesinOculisMeis 2019®

 
Autor
FidesinOculisMeis
 
Texto
Data
Leituras
46
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.