https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Amores na Noite

 
Open in new window
Amores na Noite

Murmúrios inaudíveis na agonia do sexo
nas sombras do murro,
amante entranhado á amada, caricias
secretas incríveis,
nas palavras não faladas, jactos de vapores
nas narinas dilatadas .

Lábios ardentes cor de ouro latente
pela luz que despontava tímida no horizonte,
braços, mãos, coxas e dedos quentes, entre
ávidos joelhos,
esculpidos a ferros e tingindo
de amarelo no céu que já foi
vermelho.

Toda a doçura escura e furtiva é
como uma estrada viva, verga dura serpenteando
nas entranhas desta mata.
Muito além do céu maravilhado
onde anjos digladiam ferozes sem dizer
nada e todas as estrelas assistindo espantadas
a derradeira contenda.

Finalmente a noite é calada e
com seu ventre aberto e brilhante
extravasando líquido
fecundante.
E todo o mistério
assola seus corpos exaustos
que faziam de cama...
o chão do sujo cemitério.

Alexandre Montalvan

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
363
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 18/08/2019 23:29  Atualizado: 18/08/2019 23:29
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29264
 Re: Amores na Noite
Corpos e pele que entrelaçam naqueles momentos onde o amor grita o desejo em afagos, que delicia de poema, verdadeira maravilha