https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Nem tudo que penso agora

 
Esses olhos tão meigos a brilhar
E o sorriso tão singelo
A encantar os olhos meus.
Minha única opção é
Deixar-me levar pelo pensamento
Até alcançar o seu coração
E navegar os mares da saudade.
Você vive a povoar minha mente
E não posso esquecer
Mesmo que seja preciso
A beleza do seu amor.
Nem tudo que penso agora
Eu consigo expressar
Porque o que me seduz
É esse seu jeito de amar.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
77
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/08/2019 00:06  Atualizado: 21/08/2019 00:06
 Re: Nem tudo que penso agora
os olhos meigos encantam e depois é a morte do artista. as víboras ferram sabias! ah pois

pode-se esquecer escrevendo para lembrar como diria...