https://www.poetris.com/
Poemas : 

NOITE

 
NOITE
Na noite,
onde os gatos são o que são,
Há uma fauna diversa que não está em extinção.
Coloridos, decadentes, loucos, bêbados, inconsequentes...
Há de tudo em poucos metros quadrados regados a rios de cerveja e outras coisas.
Não, não sou caçador ou observador...
Sou mais um animal exótico relacionando, interagindo
com esse mundo diverso.
Cada noite tem a sua fauna
e ela chega em horários diversos.
Alguns, os tímidos se encolhem em cantos.
Se lambuzam de líquidos e partem silenciosos com vieram.
Há os que são espalhafatosos.
Sorridentes e falantes.
Sentam em várias mesas
e se acomodam na mais animada.
Os parasitas dançam a procura de fartura e de boas almas.
Os bêbados... Esses dispensam apresentação.
Caminham balançando o mundo pelos espaços.
Há os predadores, que caçam fêmeas, machos e o que vier.
Há os que são caças e adoram serem caçados...
Todos, no entanto, têm a noite como amiga e companheira.
Na noite,
onde os gatos são o que são,
Há uma fauna diversa que não está em extinção.(Proteus).

 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
173
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.