https://www.poetris.com/
Poemas : 

És...mesmo de pernas para o ar.

 


Na realidade...és o meu maior pesadelo.



Porque te escrevo!?
Para sair de mim
o que me envenena
e o que corrói por dentro


e digo-te...


é tanto...mas tanto


que nem sei como aguento
restando-me o lamento
na minha crua escrita.


Triste
dor
esta
que
ata
as
minhas
cordas
vocais



Resta-me a folha em branco
nestes dias iguais.
Já nem me espanto
das vezes que é tanto.
O que rasga
e desfaz
também dá força
para erguer
desafiando-me
até ao limite
sabendo,
que já o ultrapassei.



Loucura!?!?



Sei...


...Eu Bem Sei!





Luka

 
Autor
kirinka
Autor
 
Texto
Data
Leituras
116
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
7
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Violante
Publicado: 19/09/2019 15:33  Atualizado: 19/09/2019 15:33
Muito Participativo
Usuário desde: 10/09/2019
Localidade: Campinas, Brasil
Mensagens: 61
 Re: És...mesmo de pernas para o ar.
...O que rasga
e desfaz
também dá força
para erguer...

Bem verdade!
Poesia!

Carpe diem


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 19/09/2019 17:50  Atualizado: 19/09/2019 17:50
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: És...mesmo de pernas para o ar.
Um belo poema, comovente e belo


Enviado por Tópico
JorgeSantos
Publicado: 20/09/2019 18:05  Atualizado: 20/09/2019 18:05
Da casa!
Usuário desde: 28/06/2019
Localidade:
Mensagens: 230
 Re: És...mesmo de pernas para o ar.
Open in new window