https://www.poetris.com/
Sonetos : 

DA ESQUINA

 
Tags:  SONETOS 2019  
 
DA ESQUINA

Pediu pão de batata mais café
E junto do balcão olhava a rua.
Ao redor, a cidade se insinua,
No povo que passava em frente a pé.

Através da vitrina a cidade é
E cada linha em fuga a continua
Até onde o Infinito perpetua:
Em paz estava mesmo sem ter fé.

O pedido lhe chega fumegante
E faz pousar os olhos sobre o prato,
Tomando-lhe a atenção por um instante.

Ao fim, fica a sorrir como se grato
Soubesse que me fiz o seu retrato
Tão-só por parecer-me interessante...

Belo Horizonte - 09 05 2019



Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
54
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.