https://www.poetris.com/
Poemas : 

É todo meu

 
Me olho no tempo. Já fui criança e brinquei, rodopiando entre quartos, na sala, no ar, no chão. Bailando. Depois crescer na vida e na dança. Estudando. Me aperfeiçoando. Executando. Criando. Estou aqui no tempo. Sem horas marcadas nos dias, nem ritmos certos. Nem segurança, nem planos assegurados no futuro. Nem terra.
Este dia é todo meu. Como foram outros que também foram meus.

 
Autor
Violante
Autor
 
Texto
Data
Leituras
93
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 09/11/2019 01:39  Atualizado: 09/11/2019 01:39
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6536
 Re: É todo meu
Quão tão bom voltar esse tempo de meninice... onde tudo acontecia à mil maravilhas!

Gostei do poema. Obrigado pela partilha.

Abraço!
Upanhaca