https://www.poetris.com/
Poemas -> Sociais : 

Escreve, poeta

 
Não te permitas
deixar-te levar pelas conveniências
poeta das palavras vivas,
não procures agradar a quem te lê,
se o conseguires com alguns,
outros haverão, a quem passas
no escuro da displicência!

Escreve os teus sentimentos,
os teus momentos,
as tuas dores e amores,
escreve o que a tua inspiração
te proporciona, gentilmente!

Sabes que tentar agradar
é sempre muito complicado,
mas, se seguires o suspiro da tua alma,
terás, certamente a recompensa
que a ti próprio engrandece!

A opinião alheia é importante,
obviamente,
mas não define o teu verdadeiro sentir…
esse…poeta da realidade e da verdade,
só tu, o sentes verdadeiramente,

por isso, escreve, escreve sempre
quanto te aprouver e o teu dom te sorrir,
porque…talvez, os que te criticam
nem sequer saibam escrever,
ou…gostariam de o fazer como tu.

José Carlos Moutinho
23/2/2020



 
Autor
zemoutinho
 
Texto
Data
Leituras
193
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.