https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 43 »
Offline
zemoutinho
Momentos de reflexão
Ruas tristes, despem-se de gente no ar paira o silêncio do medo, há uma inquietude que se sente q...
Enviado por zemoutinho
em 28/03/2020 11:18:17
Offline
zemoutinho
Tempos de inquietação
Democraticamente a liberdade foi, provisoriamente, cerceada, e porque a cidade dorme o medo pas...
Enviado por zemoutinho
em 20/03/2020 11:33:19
Offline
zemoutinho
Escreve, poeta
Não te permitas deixar-te levar pelas conveniências poeta das palavras vivas, não procures agrada...
Enviado por zemoutinho
em 23/02/2020 14:55:53
Offline
zemoutinho
Teimas, pensamento
Porque teimas tu ó pensamento em viajar pelo longe que de mim se faz dor, e recordar-me a linha d...
Enviado por zemoutinho
em 11/01/2020 12:19:51
Offline
zemoutinho
Adeus pobre 2019 Vem, corajoso, 2020
Tiveste o teu tempo e a possibilidade de obteres a glória, mas permitiste que te amordaçassem e t...
Enviado por zemoutinho
em 28/12/2019 11:16:11
Offline
zemoutinho
Queria falar do Natal!
Queria fazer um belo poema que falasse muito do Natal, e todos entendessem o tema, tentei, tente...
Enviado por zemoutinho
em 21/12/2019 11:07:34
Offline
zemoutinho
Tão longe
Longe, muito longe deixei ancorado tanto de mim, trouxe brisa no pensamento aconchegada em ondas ...
Enviado por zemoutinho
em 16/12/2019 11:58:11
Offline
zemoutinho
Louvado sejas, Jesus (perdoa-nos)
Perdoa-nos, jesus pela nossa arrogância e hipocrisia, pelo cinismo que usamos em cada dia, perdoa...
Enviado por zemoutinho
em 09/12/2019 14:31:14
Offline
zemoutinho
Abracei-te
Falei-te do tempo ido e naquele beijo fugidio que te dei inesperadamente, sorriste-me de olhar va...
Enviado por zemoutinho
em 06/12/2019 16:50:37
Offline
zemoutinho
Aquele Fontanário
Não pude evitar a tristeza, quando certo dia, ao passar pelo local onde tantas vezes estive e ve...
Enviado por zemoutinho
em 21/11/2019 17:05:47
Offline
zemoutinho
Todos partem
E todos partem! Ricos, pobres e remediados, Intelectuais, ignorantes e outros, cantores, poetas ...
Enviado por zemoutinho
em 19/11/2019 12:26:20
Offline
zemoutinho
Carrossel de loucos
Quisera eu, que este meu pouco tempo fosse tanto do meu desejar e que o voo das gaivotas fosse a...
Enviado por zemoutinho
em 17/11/2019 11:31:25
Offline
zemoutinho
Vagueio do meu olhar
Os meus olhos vagueavam pela lonjura e perdiam nas margens, o que o meu sentir tentava impedir p...
Enviado por zemoutinho
em 05/11/2019 17:04:25
Offline
zemoutinho
Palavras, pétalas perfumadas
As palavras, pétalas perfumadas adormecidas sobre o papel branco ansiavam que mentes inspiradas f...
Enviado por zemoutinho
em 24/10/2019 15:31:46
Offline
zemoutinho
Penso eu...
que Poeta não é o que se insinua, inflando o peito e gritando aos ventos: sou poeta, nem o que en...
Enviado por zemoutinho
em 15/10/2019 17:28:09
Offline
zemoutinho
Tempo cronográfico
O tempo soprou os dias e as folhas das ilusões, soprou os meses e as flores das paixões, soprou o...
Enviado por zemoutinho
em 14/10/2019 11:03:27
Offline
zemoutinho
Poesia, esse mistério
Poesia... será um simples agrupar de palavras de encantamento, ou um místico sentir que alguns...
Enviado por zemoutinho
em 13/10/2019 14:48:50
Offline
zemoutinho
Singelo soneto
Neste meu singelo soneto, invento escrever um sentir, sempre presente, que se fez saudade, de um ...
Enviado por zemoutinho
em 11/10/2019 12:19:07
Offline
zemoutinho
Os Abraços
Abro os braços sinto o vazio entre eles, talvez o mundo esteja, também, vazio, congelaram-se os s...
Enviado por zemoutinho
em 29/09/2019 18:50:28
Offline
zemoutinho
Os tgeus medos
Solta os medos que te inibem e te amarram ao desassossego e grita com garra a liberdade que anse...
Enviado por zemoutinho
em 03/09/2019 18:14:21
(1) 2 3 4 ... 43 »