https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

O Coronavírus e a esperança!

 
É, a situação anda meio complicada
Por causa desse vírus.
E o que posso pensar sobre isso?
Elevo meus pensamentos ao alto
Na esperança de trazer um pouco de calma
Em meio ao momento de crise.
Digo isso com base nas palavras do Profeta Isaías
Quando ele diz que Jesus levou sobre si as nossas dores
E as nossas enfermidades!
Da mesma forma o salmista afirma que
Guardados pelo Senhor não somos afetados!
Quando Cristo chamou Pedro para caminhar sobre as águas
Notamos que enquanto ele focava no mestre
Ele caminhava tranquilamente
Mas, ao perceber a tempestade teve medo
E afundava.
Isso nos mostra como viver o sobrenatural:
Confiar!
O nosso foco define aquilo que estamos vivendo.
Em épocas de crises devemos trazer à memória
Aquilo que nos trás esperança.
Só assim podemos acalmar os corações.
Quando deposito minha confiança em Deus
Eu creio que o Senhor não só cura
Mas, Ele é a cura!
O refúgio!
A Palavra é o caminho
A esperança para enfrentarmos todas as situações
Por isso não precisamos temer mal algum!
O que não podemos nos esquecer
É que a Bíblia previu todos os acontecimentos.
Por isso é importante sabermos
Que precisamos estar atentos
Somos sal e luz,
E não é porque somos filhos de Deus
Que devemos ser inconsequentes.
A nossa fortaleza é o Senhor
Mas, nosso corpo é templo e morada do Espírito Santo
Precisamos cuidar dele!
Por isso é importante nos reservar,
Cuidar de cada um de nós
E cuidar de quem amamos!

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
222
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
21 pontos
1
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/03/2020 14:53  Atualizado: 22/03/2020 14:53
 Re: O Coronavírus e a esperança!
neste momento trágico para a humanidade o pior vírus nem é o novo corona, mas o medo, a desinformação, as redes anti-sociais cujas estratégias das mesmas passam por dizer às pessoas humanizem-se quando as próprias significam na prática nada mais nada menos que a desumanização. ninguém está imune mas o vírus deixa de ter a relevância que tem tido quando exercidas boas práticas de higiene. e claro, de momento a distância é algo conveniente. eu fico pasmo com o que se está a passar nas nossas sociedades super informadas. o pior de tudo é viver morto. já há muito que as nossas sociedades vivem felizes mortas e isso é que é grave. teem tanto medo de morrer e eu sinceramente não conheço nenhum caso que tenha cá ficado eternamente. hoje por exemplo queremos viver duzentos anos e sim, é possível viver duzentos anos mas cento e quarenta são deveras lamentáveis visto serem anos vegetativos. o mundo ou é uma comédia de atrasados ou uma desgraça de avançados. será que não poderia ser tipo um meio termo para ser inteiro! eu continuo a pensar que sim, que é possível ser feliz inteiramente. o único problema que eu vejo para já é o sexo. viver sem ele é um problema! eheh bom domingo
ah... como diria um grande poeta: a única esperança é o próximo copo. como diria eu, a única esperança é a nossa senhora.
inté