https://www.poetris.com/
Poemas : 

Quem sabe

 
Quem sabe



Sob o sol fazendo contraponto ao azul celeste
Sonhava a menina com o futuro que acenava distante
Ao olhar doce e suave do amado perdido no horizonte.
Percebia de longe o som de flauta vindo de uma ninfa adolescente
Que jogava ao vento notas livres do “ Quem Sabe” do brilhante
Carlos Gomes que ouvia na caixa de música que ganhara de presente.
Sentiu naquele momento estranha sensação de saudade.
Pequenas gotas salgadas rolaram no juvenil semblante.
A ninfa entendeu a tristeza da jovem e sem demora reluzente
Entoou canções repletas de alegria que deram colorido ao ambiente.

Alexandre Sansone
26.04.2020



 
Autor
Sansone
Autor
 
Texto
Data
Leituras
113
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.