https://www.poetris.com/
Sonetos : 

SEM PAIXÕES NÃO HÁ ESFORÇOS.

 

Sem paixões não há esforços a vida se a pequena
Consolidam-se os dilemas na narrativa dos pobres
E quando alguém desconstrói esta temática aflitiva
Aparecem os defensores dos miseráveis da vida.

Os sonhos só se propagam dentro do antro certeiro
É como fossem as rosas cultivadas em canteiros
Mas podendo serem colhidas em variáveis maneiras
Cada um que realizarmos nos engrandece em acertos.

Eu não cobro desta vida o que não me pareça justo
Entre subidas e descidas já me deparei com sustos
Pois nesta materialidade cada coisa tem seu custo

Toda vez que me perguntam sobre o nosso amanhã
Digo que pertence a Deus e sonego as sugestões
Pois este dom eu não tenho de fazer adivinhações.

Usuários do Youtube
vossas condutas me fascinam
antes de virar a esquina
terei mais de mil inscritos
é disto que necessito
para fazer transmissões ao vivo
https://youtu.be/fN9ishBISbQ


Enviado por Miguel Jacó em 31/07/2020
Código do texto: T7022469
Classificação de conteúdo: seguro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
55
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.