https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Dessa vez sem rimas e chocolates †

 
Tags:  more-than  
 
 
Às vezes tento ser aquilo que julgo ser firme, no entanto flagro minha súbita coragem agarrada por entre as curvas do asfalto bêbado pelas dubiedades das cruzes desmaiadas nos abraços das margaridas tão mudas ...Tão nuas meu amor.
Por entre os segredos das horas iguais vou lavando de mansinho o medo apaixonado, como quem guarda a beleza dos raios e o imensurável silêncio.
Hoje não quero ser valente nem gentil.
Hoje enquanto espero o que me minto quero reservar dois dedos da tua lucidez para tragar num gole de dois segundos e meio, depois calar a tecla e morrer inteira nos teus lados quietos dai.

 
Autor
Chou
Autor
 
Texto
Data
Leituras
427
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
30 pontos
10
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
oceanico
Publicado: 08/03/2017 10:39  Atualizado: 08/03/2017 10:39
Da casa!
Usuário desde: 19/11/2014
Localidade:
Mensagens: 292
 Re: Dessa vez sem rimas e chocolates †
A beleza de seu poema é implacável, lindo


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 08/03/2017 17:40  Atualizado: 08/03/2017 17:40
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Dessa vez sem rimas e chocolates †/ PARA CHOU
Sem rimas ou chocolates, o importante é ser o que se é. Nem precisa ser gentil ou valente, mas que seja um ser humano autêntico.

Parabéns Chou!!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/03/2017 12:27  Atualizado: 10/03/2017 12:27
 Re: Dessa vez sem rimas e chocolates †
..não creio que alguém tivesse poesia maior, e lucidez tão bem declarada. Me emocionou,m trouxe-me lágrimas. Agradeço por seu texto tão profundo.


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 10/03/2017 14:59  Atualizado: 10/03/2017 14:59
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9252
 Re: Dessa vez sem rimas e chocolates †
Bom dia Chou, a natureza humana é chegada a um rompante, mas depois de umas esfregas, nos recolhemos a nossa insignificância, parabéns pelo teu incisivo poema, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
veríssimo
Publicado: 01/04/2017 16:04  Atualizado: 01/04/2017 16:04
Colaborador
Usuário desde: 31/12/2008
Localidade: Contagem - MG
Mensagens: 812
 Re: Dessa vez sem rimas e chocolates †
Maravilhoso texto. Reflexivo!
Abraço