https://www.poetris.com/
Poemas : 

Em Um Luar

 
Tags:  amor    reflexão    felicidade    rimas    dedicatória  
 
Em Um Luar
 
Em minhas andanças, te procurei sem saber
Caminhadas sobre pedras molhadas, meu viver
Pedi aos céus um sopro, pois estava cansado do sofrer
Meu bem, foi quando se apresentou, me entreguei
Criei, logo que em casa cheguei, um texto, que amei
A chuva batia em minha janela, como forma de convite
Estava, quem sabe, se oferecendo para refrescar meus pensamentos?
Não sei, meu bem, confesso que não sei.

Senti um conforto quando a vi pela primeira vez
Parecia até premeditado, como se outrora, eu fora teu freguês
Deixei-a naquele simples, e agradável banco de madeira,
E segui com minhas andanças, inspirado como nunca antes
Lá, bem do alto, a lua me observava, todo saltitante, pensando bobeiras
Indagando ao ar se tu me amarias do jeito que sou, tão imperfeito
Quando abri minha porta, velhinha que só, escrevi um texto, quando estava só.

Passei a noite toda orquestrando o sonho
Quando enfim fechei meus olhos, me senti refugiado em asas de um anjo
Aconchegante, meu bem, imaginei que fosse o teu abraço
Mas, como poderia? Nunca o sentira antes, que estranho
Talvez, lá no fundo, meu coração ressoava teu nome
Curioso, mas, escrevi um texto dizendo que a amo.

Sortudo seria se, em minhas andanças, nos esbarrássemos de novo
Bem que poderia escutar um anjo me chamando de moço
E todo bobo, eu sussurrasse à distância, tesouro
Queria retornar ao meu porto, e dedicar a ti, versos soltos.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
76
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.