https://www.poetris.com/
Poemas : 

Rutilâncias

 
Escrevo
sob a lâmina
da saudade.

Libertam-se
os pincéis
nas paredes
caiadas.

A porta do esquecimento
ainda não foi inaugurada.

Reconstruí
a morada
à espera
do ciclo
abençoado.

Tudo é tão maior
quando a alma
é iluminada!

Sou a árvore
onde um
pássaro
escapa
do ninho.

Esqueço-te.
Assumo percalços.
Sinto a energia
de abraços.

Visto-me
da essência
de rosas
no céu
de nuvens
azuladas.

É tão fácil viver
e ser lembrado!

Sem
qualquer
lavra,
um coração
que ama
não bate
apressado.

Na casa
assombrada
abraço
fantasmas.

A voz da alma
descreve ilusão
e realidade;
componho
melodias,
esqueço
migalhas.
...
Que saudade
da última viagem!

São fartos
os vestidos
guardados
no armário.

Vou ao céu encantado.
Libertam-se
os pincéis
nas paredes
caiadas.

A porta do esquecimento
ainda não foi inaugurada.

Vivo
à espera
do ciclo
abençoado.

Tudo é tão maior
quando a alma
é iluminada!

Sou a árvore
onde um
pássaro
escapa
do ninho.

Assumo
percalços.
Sinto
a energia
de abraços.

É tão fácil ser lembrado!

Sem
qualquer
lavra,
um coração
que ama
não bate
apressado.


Poemas em ondas deslizam nas águas.

 
Autor
RaipoetaLonato2010
 
Texto
Data
Leituras
119
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
4
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
karinna*
Publicado: 26/10/2020 04:50  Atualizado: 26/10/2020 04:50
Da casa!
Usuário desde: 26/11/2017
Localidade:
Mensagens: 214
 Re: Rutilâncias
*Poeta Rai, adentrei novamente nessa tua alma de versos puros, pontuais, tocantes. É extremamente bom,! Sou fã declarada.❤️


Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 27/10/2020 23:18  Atualizado: 27/10/2020 23:18
Da casa!
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 359
 Re: Rutilâncias
Vai-se lendo o poema, tão absorto e quando nos damos conta vemos que estamos lendo um poema e não dentro dele. Seu poema é fácil de se mergulhar nele e sentir as passagens. A parte ruim é quando acaba e ficamos querendo mais... Abraços.