https://www.poetris.com/
Poemas -> Tristeza : 

Sol já se foi

 


O sol já se foi,
Ficou a escuridão
Que tudo destrói
No fraco coração.

Perante o olhar
Jã não há luz
Neste triste lugar
Onde nada reluz.

A brisa do vento,
As árvores acaricia
Aumentando o desalento
Na noite fria…



José Coimbra

 
Autor
Legan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
137
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
2
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 19/11/2020 21:58  Atualizado: 19/11/2020 21:58
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3517
 Re: Sol já se foi


Que melancólico e triste
é este poético sentimento
ainda bem que o sol nasce todos os dias
uns dias sorrimos, outros choramos
outros recordamos com muita saudade
é a vida

um abraço poeta José (Legan)

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 19/11/2020 23:02  Atualizado: 19/11/2020 23:02
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1199
 Re: Sol já se foi
Poema bem rimado, sucinto, mas tristonho. ✍️
Na verdade ninguém gosta de se sentir triste, mas a verdade é que a vida se equilibra entre o silêncio (por vezes triste) e a alegria.
Como tudo na vida, nada é por acaso, e tudo existe por uma razão. A tristeza e a alegria são sentimentos importantíssimos e dignos que refletem profundamente o que mais importa nesta vida, onde o amor, a paixão e o desejo deverão prevalecer nas nossas vidas.

Os meus cumprimentos e um abraço, poeta José Coimbra (Legan)

António Fonseca