https://www.poetris.com/
Poemas : 

Velho pássaro

 


O canto d´inverno
Da densa floresta
É um canto sereno
Do tempo que lhe resta.

Empoleirado num galho
Sem nada em redor,
Do despido carvalho
Canta a sua dor…



José Coimbra

 
Autor
Legan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
127
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
3
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 24/11/2020 19:49  Atualizado: 24/11/2020 19:49
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 548
 Re: Velho pássaro
O canto do inverno pode ser mais sereno, mas não desafina a buscar notas que não sabe alcançar. Ótimo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 25/11/2020 10:00  Atualizado: 25/11/2020 10:00
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3978
 Re: Velho pássaro


Belo cantar poético em cada poema
Me encanto com sua criatividade

um abraço poeta Jose (Legan)

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 25/11/2020 13:56  Atualizado: 25/11/2020 13:56
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1296
 Re: Velho pássaro
Na verdade o seu poema, é excelente, sensível e sentido.
É tanto tanto importante amar como ser amado.
Porque também para um pássaro, é tão necessário a asa esquerda como a direita, para poder usufruir da vida e da natureza.
Bem haja.

Os meus cumprimentos e um abraço, poeta José Coimbra (Legan).
António Fonseca