https://www.poetris.com/
Poemas : 

Folhas…

 


O céu está cinzento
Os ramos das árvores despidas
São confortados pelo vento
Por causa das folhas perdidas.

Um corvo está de sentinela
Observa tudo em redor, calado.
E, a passadeira castanha e amarela
Cobre o chão desgastado.

Tudo espera o branco manto
Que virá com a chegada do inverno
E dará, à paisagem outro encanto
Para ficar registado no velho caderno…



José Coimbra

 
Autor
Legan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
111
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
2
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 30/11/2020 23:10  Atualizado: 30/11/2020 23:10
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1296
 Re: Folhas…
Poema bem rimado expressando o sentimento firme, no alerta seguro do corvo sobre tudo o que o rodeia com silêncio e atenção.
Não pode chover o tempo todo.
E a natureza caminha no seu normal ciclo do outono conforme diz o seu poema as árvore ficam despidas com as folhas caídas, na entrada posterior do inverno, onde virá o encanto dos mantos brancos que cobrirá com harmonia a bela natureza.
Continuação de bons e agradáveis poema, poeta José Coimbra (Legan).
Com cumprimentos e um abraço.

António Fonseca

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 01/12/2020 16:45  Atualizado: 01/12/2020 16:45
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3978
 Re: Folhas…


É o Outono que chega em silêncio
nas asas de um velho corvo


um abraço poeta José (Legan)