https://www.poetris.com/
Poemas : 

ABALADO

 
.
.
.
Sem rumo,
sorrio de mim,
e do brio não reconhecido.
Nem sei se há importância nisso,
se o que quero é apenas
a ternura de um olhar,
ou um solavanco
para que eu não durma
e deixe de sentir a brisa no rosto.
Abalado;
entregue ao dia
como se fosse noite.
Entregue à vida
Como se fosse a morte.

 
Autor
ZESILVEIRADOBRASIL
 
Texto
Data
Leituras
172
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
8
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 10/04/2021 23:51  Atualizado: 10/04/2021 23:51
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 3101
 Re: ABALADO
Sin brújula y sin rumbo
Navego por la vida,
En nave sin timón,
Sin ruta conocida.

¡Un abrazo!



Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 11/04/2021 01:16  Atualizado: 11/04/2021 01:16
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 17137
 Re: ABALADO
Poeta
Com p(rumo) certo.
Sorrir é força motriz
Capacidade de con(trolar) nossos sentimentos.
Confia! Aba(Deus) está ao nosso lado!
Favoritei
Abraço!
Janna


Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 14/04/2021 17:02  Atualizado: 14/04/2021 17:02
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4577
 Re: ABALADO
Sem saber comentar...simplesmente gosto

Beijinhos poeta de Alem mar


Enviado por Tópico
Srimilton
Publicado: 12/05/2021 02:33  Atualizado: 12/05/2021 02:33
Colaborador
Usuário desde: 15/02/2013
Localidade: Nenhuma
Mensagens: 1858
 Re: ABALADO
Gostei. Sem mais.