https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Tu, só tu

 


É o sangue das minhas veias
Cheias de feridas mal curadas.
É quem faz correr as correias
Das minhas polias enferrujadas.

Ser de luz que me faz
Construir e destruir.
Ser de luz que é capaz
De dar-me vida e iludir.

É o brilho do meu sorriso
Que ao meu mundo dá alegria.
É o chão sólido que piso
E me sustem na noite fria.

Ser de luz que está
Sempre prestativo.
Ser de luz que me dá
Uma razão para estar vivo.

É a sombra que me acompanha
E segura firme minha mão.
É a mulher que minha alma ama
E faz bater o meu coração…

“Ser de luz
Que és tu, só tu…”



José Coimbra

 
Autor
Legan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
198
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
3
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 13/10/2021 13:40  Atualizado: 13/10/2021 13:40
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 2155
 Re: Tu, só tu
Ser luz, ser a mulher de minha alma. Que lindo! Muito romântico.
Parabéns gostei muito!
Abraço carinhoso ❤

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 16/10/2021 13:24  Atualizado: 16/10/2021 13:24
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 4888
 Re: Tu, só tu


O amor é assim...

“Ser de luz
Que és tu, só tu…”


Gostei deste bater o coração.


um abraço poeta José (Legan)

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 16/10/2021 22:40  Atualizado: 16/10/2021 22:40
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1448
 Re: Tu, só tu
O amor que enlouquece e faz o bater forte do coração da mulher que a alma ama, para que a saudade rebrilhe incomparavelmente nesse amor apaixonante, na firmeza da luz que alimenta a razão de estar vivo.

Gostei do seu poema, onde a emoção da paixão são a forte razão da do que é sentir um amor sorridente.

Um abraço poeta José Coimbra(Legan)

António Fonseca