https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

os demoníacos deuses bacos

 
deixa-me soltar os verbos
pelo teu corpo,
a imensa sede
do prazer...

despertar
o sorvo libado
pela tua boca.
mordiscando
os demoníacos
deuses
bacos
adormecidos

rolando a uva
roliça
gelada

até
ao ponto

do
toque

Glacê

 
Autor
Abissal
Autor
 
Texto
Data
Leituras
291
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.