https://www.poetris.com/
Poemas : 

O vento apressa o regresso das almas

 




Harpejam
Lágrimas,
Daquele veleiro…

O peixe não é muito
Mas as saudades são tantas,
Que as redes dos olhos
Não aguentaram
Tamanhas vagas

 
Autor
Catópode
 
Texto
Data
Leituras
153
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.