https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Como se, novamente...

 
tua ausencia transpira
e fico deslaçando palavras
ensopadas

caminho a nudez sonâmbula
atrás de brisas, orvalhos
e outras fontes d’onde se
floresce alívio pro calor

mergulho fundo
e fossem rios o suor das palavras
encontraria a fenda
para vedar a vazão do despudor...

sem êxito retono
à superfície cada vez
mais abastecida do líquido
que mareia tua face
(já tão congestionada de versos)

espremo, assopro,
sugo, reprocesso
reciclando a página
até seres poema outro

como se
manuseando-a,
sentir-te-ia em minhas mãos...

de novo.






nada muito complicado... como atirar pedras em lagos

 
Autor
MarySSantos
 
Texto
Data
Leituras
1028
Favoritos
5
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
62 pontos
6
8
5
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Catópode
Publicado: 12/02/2015 20:57  Atualizado: 12/02/2015 20:57
Muito Participativo
Usuário desde: 12/02/2015
Localidade:
Mensagens: 50
 Re: Como se, novamente...
Um poema vivo ao ralenti de um sonho!

Desejo que as ausências …sejam breves e que o amor cresça a seguir á lavoura dos seus versos impartíveis.

Um azul em brisa para si!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/02/2015 23:18  Atualizado: 12/02/2015 23:18
 Re: Como se, novamente...
Lindo demais!
Puro encanto!


Abraços

Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 13/02/2015 20:18  Atualizado: 13/02/2015 20:18
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2422
 Re: Como se, novamente...
Ai que lindo, Mary...
Li, reli, e "trili"...

Maravilhoso....
Tao profundo, e verdadeiro.
Um pedaco da verdade de todos nos.

Beijos carinhosos

*Mary Fioratti*


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/07/2021 04:15  Atualizado: 07/07/2021 04:15
 Re: Como se, novamente...
*tão bom te ler.
Escrita que me alcança, me abraça e acrescenta minha alma.
Muito tua fã Poeta!
Beijoka*