https://www.poetris.com/
Poemas : 

Espada Aberta

 
⁠⁠Meu Deus como a noite é longa;
como é longa a solidão dos que
não tem quem os ame ...
Imenso o abismo de quem não ama
nem vive por amor!
Punhal feito de dois gumes,
espada aberta feita de angustia
e de vazio ...
É fria a terra ... quente a morte ...
... distante a vida!

Ricardo Maria Louro


Ser Poeta é exilio
num pais de condenados
um tormento infinito
de mil olhos rejeitados!

Ricardo Maria Louro

 
Autor
Ricky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
54
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.